+55 71 98880 2781

Dinamarca vence disputa e será sede da WorldPride 2021


E está decidida a cidade sede da WorldPride 2021! Trata-se da linda Copenhague, capital da Dinamarca e cidade que já foi escolhida como a mais feliz do planeta. Espera-se, portanto, que centenas de milhares de pessoas celebrem a diversidade pelas ruas de Copenhague em 2021, quando a cidade hospeda o maior evento LGBTQ do mundo.

Para quem não sabe, a WorldPride é a parada gay mundial, que acontece de dois em dois anos e possui um processo similar ao das Olimpíadas e Copa do mundo. As cidades que tem interesse em sediar o evento enviam uma proposta para ser avaliada pela InterPride (Associação Internacional que organiza o evento). Após apresentação das candidaturas e votação, a cidade é escolhida.

A associação internacional InterPride selecionou Copenhague como cidade anfitriã durante sua Assembléia Geral Anual em Indianápolis (Estados Unidos). Conhecida por sua longa história de luta pelos direitos dos homossexuais, a capital dinamarquesa conseguiu vencer fortes candidatos (incluindo São Paulo) depois de apresentar uma proposta de evento que tivesse ampla discussão a respeito de direitos humanos e que fosse altamente inclusivo. A ideia, por exemplo, é que todas as festas do evento sejam gratuitas.

A candidatura de Copenhague foi apoiada por diversos políticos do país. O primeiro-ministro dinamarquês Lars Løkke Rasmussen, o prefeito de Copenhague Frank Jensen e o prefeito de Malmø Katrin Stjernfeldt Jammeh apoiaram e fizeram campanha para que a cidade sediasse o evento.

Você está achando pouco? O lacre dinamarquês não para por ai! A cidade também é candidata para receber o Eurogames (evento esportivo LGBT) em 2021. A ideia é reunir dois grandes eventos para firmar, de vez, o país como um destino amigo da comunidade LGBT.

"Não só Copenhague é uma cidade muito aberta e inclusiva, mas também tem um forte histórico de hospedagem de grandes eventos internacionais. Portanto, oferece um ambiente seguro e amigável para os visitantes do LGBTQ, tornando-se um destino ideal para a WorldPride, e quem sabe também o Eurogames ", disse Lykketoft, um dos coordenadores da candidatura da cidade.

A Dinamarca foi o primeiro país do mundo a legalizar uniões civis de pessoas do mesmo sexo e celebrou o seu 25º aniversário em 2014. Desde então, os políticos dinamarqueses continuaram aprovando leis para garantir os direitos da comunidade LGBTQ. Copenhague, recentemente foi chamada de lugar mais gay-friendly da Terra pelo Lonely Planet, uma das maiores editoras de guias de viagem do mundo.

Veja video da candidatura da cidade ganhadora! Nos vemos em Copenhague em 2021! <3


Curte aí nossa fanpage!
E tenha acesso a todo o conteúdo do Viajay!