+55 71 98880 2781

Novo voo facilita conhece a Curação Gay


Ilha com mais de 40 praias espetaculares, um patrimônio diverso que engloba mais de 55 culturas diferentes, incluindo a holandesa, espanhola e portuguesa, a atitude "viver e deixar viver" e uma impressionante arquitetura europeia, Curaçao segue sendo um destino tropical sem igual no sul do Caribe. Além da beleza natural, o destino é conhecido por ser um dos mais gay-friendlys da região. Por isso, contamos uma super novidade para quem quer connhecer a Curaçao Gay.

A partir de 16 de dezembro, a Divi Divi Airlines, que estreia nos céus do Brasil, ofertará um voo direto em um Boeing 737-800 (180 assentos) ligando de forma direta o Aeroporto de Guarulhos (São Paulo) a Willemstad (capital de Curaçao). O tempo de viagem será de apenas 6 horas, ou seja, em um pouco tempo você estará desfrutando de todas as belezas do destino, sejam as praias, parte cultural ou até mesmo os habitantes e visitantes.

Na rota Guarulhos-Curaçao (DVR 962) a decolagem acontecerá aos domingos às 09h35 (hora local) e chegada em Curaçao está prevista para às 14h (duração média de 6h25 min). No sentido Curaçao-Guarulhos (DVR 961) o novo voo direto será operado aos sábados com decolagem às 10h50 am (hora local) e chegada em São Paulo às 19h20 pm (hora local). Os bilhetes já estão disponíveis para venda através de agências de viagens.

Para você já ir se animando, em março de 2019 acontecerá o Curaçao Gay Spring Break. Uma semana com muitos drinks, praias, festas e gente bonita. Suas praias intocadas e seu clima idílico, situado fora da rota de furacões, deram à ilha mais elogios e reconhecimento. Sua cidade capital, Willemstad, declarada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, apresenta o icônico cenário de Handelskade, uma lista eclética de museus, monumentos, deliciosos restaurantes e lojas, para mencionar algumas das muitas razões pelas quais Curaçao segue florescendo como uma das ilhas mais excepcionais da região. 

Os brasileiros interessados em conhecer a Curação gay necessitam de passaporte com validade mínima de pelo menos seis meses e comprovação de imunização contra a febre amarela através do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP). O documento é solicitado pelas companhias aéreas e, também, pela imigração no Aeroporto Internacional Hato. A imunização deve ser feita pelo menos 10 dias antes da viagem e deverá ser comprovada mediante a apresentação da carteira internacional de vacinação.


Curte aí nossa fanpage!
E tenha acesso a todo o conteúdo do Viajay!